POR DENTRO DA FBV

Marketing do futuro é tema de palestra no último dia da Feira Brasileira do Varejo

O professor e palestrante Fernando Kimura falou sobre como conquistar o consumidor

A 7ª Feira Brasileira do Varejo, promovida pelo Sindilojas Porto Alegre, recebeu na tarde desta quinta-feira (30) o professor Fernando Kimura, com a palestra Marketing do Futuro! Como entrar na cabeça do consumidor. Com bom humor, exemplos de marcas bem e malsucedidas e relatos da própria vida, Kimura apontou alguns aspectos de como as empresas conquistam os clientes.

O professor destacou que determinadas marcas conseguiram criar hábitos de consumo, nos quais as pessoas nem questionam se os produtos são de qualidade ou não no momento de compra, mas adquirem por ser da empresa específica. “Isto faz parte da construção da marca. E requer consistência, é necessário passar várias vezes a mesma mensagem”, explicou.

Kimura ressaltou que as memórias são criadas de duas maneiras: emoção ou repetição. “A Coca-Cola, por exemplo: em todas as fotos antigas das nossas festas de família está presente em cima da mesa. É um engajamento emocional”, disse, “e quem não sabe a receita do BigMac do Mc Donald’s?”, indagou. A repetição dos ingredientes por meio de música é uma construção bem-feita, segundo o professor. “As redes sociais são muito boas, mas o imediatismo atual confunde os negócios. As marcas fazem ações pontuais querendo construir marca do dia para noite”, frisou.

Para Kimura, há uma tríade da comunicação inconsciente. As empresas precisam chamar atenção, seja na embalagem, no material, ou na loja física. É preciso sempre estampar um símbolo. “Se há um bom produto e não há um símbolo, não se terá notoriedade”, disse. É necessário também gerar memória no consumidor, pois precisam lembrar das marcas. E, por fim, a emoção. “As marcas devem estruturar uma boa comunicação e desenvolver um engajamento emocional. Assim as pessoas compram menos com o racional”.

Segundo o palestrante, para chegar no inconsciente das pessoas é necessário pensar em cinco aspectos: egoísmo – o consumidor precisa achar que o produto é feito exclusivamente para ele; contraste – a diferença que o produto fará na vida daquela pessoa; tangibilidade – o quanto é a dimensão deste produto; começo e fim. “Adoramos um produto com ciclo infinito. Por exemplo, a Netflix, que esperamos para ver a nova temporada da série que gostamos e, nessa espera, já viciamos em outra”, explicou. E, por fim o aspecto visual, pois as pessoas compram pela emoção.

O marketing do futuro, para o professor, são as sensações e sentimentos diferentes transmitidos para os consumidores. “As empresas poderão ser aquelas que escolhemos, mas sem saber que escolhemos”, finalizou Kimura.

 

VEJA TAMBÉM

Save the date FBV 2020: 18, 19 e 20 de maio

Porto Alegre irá se tornar o centro da inovação e tendências para o varejo nos dias 18, 19 e 20 de maio de 2020 com a realização da 8ª edição da Feira Brasileira do Varejo (FBV).

Seja um expositor: confira as condições especiais para 2020

POR DENTRO DA FBV Condições comerciais já foram definidas e os benefícios são progressivos. Quanto antes ocorrer a contratação, mais vantagens!Mesmo em um ano com cenário econômico incerto, as empresas que apostaram no potencial da Feira Brasileira do...

ASSINE A NEWSLETTER

Obrigado! Seus dados foram recebidos com sucesso. Espere as novidades sobre a 7ª Edição da Feira Brasileira do Varejo.
Captcha obrigatório