A 8ª Feira Brasileira do Varejo (FBV), promovida pelo Sindilojas Porto Alegre, realizou na manhã desta quarta-feira (18) uma edição especial do Café com Lojistas, em formato virtual e remoto. O evento ”Estamos no Café da Manhã do Futuro” recebeu o professor e doutor em Marketing e Comunicação, Dado Schneider, e abordou as perspectivas e as mudanças que a sociedade pode esperar no futuro, principalmente em um período pós-pandemia, além de dilemas atuais que envolvem o mercado e a forma de se relacionar e conviver com as pessoas.

O profissional, que há muitos anos pesquisa comportamento, discutiu sobre a necessidade de adaptação frente às transformações, que acontecem cada vez mais e em maior velocidade e complexidade. Segundo Schneider, é preciso estar sempre prestando atenção às novidades, principalmente na área do comércio. “Se você quer entender as mudanças, fale com o pessoal do varejo. Eles estão sempre por dentro e têm no DNA o que deve ser trocado na vitrine, por exemplo. Afinal, estamos em uma época em que precisamos entender e tentar aceitar as mudanças. Hoje, mudar não é necessariamente gostar do que está acontecendo, mas entender para aceitar”, afirmou o palestrante.

Autor do livro “O mundo mudou… Bem na minha vez!”, o painelista ainda defendeu que, entre os séculos XX e XXI, aconteceu uma importante alteração no modo das pessoas se relacionarem. Ele destaca que, nesse período, as pessoas vivenciaram revoluções e fatos históricos, como guerras e o surgimento da Internet. “Antes, a forma dos relacionamentos era muito vertical. Hoje, vivemos em outra dimensão, em outra agenda, que é horizontal. Às vezes, alguém se incomoda e acha que diversidade, inclusão, sustentabilidade, complexidade, compartilhamento e cooperação são modismos do politicamente correto, mas isso

Dado Schneider comandou palestra na manhã desta quarta-feira (18).não tem nada a ver. Isso veio e, agora, se acelerou. Assim, estamos vivendo verdadeiramente o mundo horizontal, no qual todos são iguais, seja em casa, na escola, na faculdade ou no trabalho”, ponderou.

Além disso, o professor e doutor em Marketing e Comunicação lembrou e discutiu o papel da pandemia, época turbulenta que antecipou etapas importantes deste processo de transição. “Já tem um outro mundo acontecendo. Eu já falo sobre o assunto há sete, oito ou nove anos, mas o coronavírus acelerou isso tudo e, agora, essas novidades estão aí e não estamos sabendo lidar, assim como o pessoal da época agrária se deparou com a revolução industrial. Tudo que ‘tem cara de século XX’ ficou velho. Não é apenas o mundo que mudou bem na minha vez, mas o futuro também. Somos adultos inéditos, que devem viver mais tempo para ver cenários e situações completamente diferentes”, resumiu Schneider.

Os painéis da 8ª edição da Feira Brasileira do Varejo (FBV) acontecem às 19h30, nas segundas-feiras do mês de agosto (23 e 30) e, pela primeira vez, a FBV é realizada no formato online e tem enfoque na capacitação de profissionais por meio de conteúdos relevantes. Entre os temas que ainda serão discutidos estão Moda na Era Phygital Perspectivas do Varejo e da Economia para 2022. O evento reúne grandes nomes do varejo que compartilham conhecimento e experiências para o desenvolvimento dos negócios e das pessoas.

Texto: Enfato Multicomunicação