Uma maratona que desafia startups para encontrar soluções e novidades que desenvolvam ainda mais o varejo!

Ao longo dos três dias da 7ª edição da FBV, realizaremos mais um Varejo Now! As equipes participantes devem criar soluções tecnológicas para os maiores desafios do setor em uma corrida contra o tempo.

Com a ajuda mentores e utilização de ferramentas que ajudam o processo criativo, os projetos serão avaliados e as melhores ideias serão premiadas ao final da maratona.

A atração é voltada para os competidores, mas o público visitante também é convidado a acompanhar.

Fique atento e inscreva a sua equipe!

INSCRIÇÕES EM BREVE

Confira como foi a edição 2018

DESAFIE-SE E REVOLUCIONE ALGUNS DOS
TEMAS EM DESTAQUE PARA O VAREJO

GESTÃO DE ESTOQUE
EM TEMPO REAL

Uma gestão de estoque eficiente e comunicação adequada entre centro de distribuição e fornecedores pode garantir, além da rápida reposição, um incremento no número de clientes satisfeitos.

CONECTAR LOJA FÍSICA
E DIGITAL

Lojas virtuais e físicas geralmente nascem como iniciativas paralelas, inclusive dentro de uma mesma empresa. Essa realidade, no entanto, já está mudando. O próximo passo é entender o consumidor em uma visão única ao longo de sua jornada de compra. Os mundos on e offline podem enriquecer o conhecimento que se tem da jornada do cliente.

GAMIFICAÇÃO PARA
ENGAJAR PESSOAS

Uma forma de treinar e desenvolver as equipes no dinâmico mercado varejista, de uma forma inovadora e que gere resultados consistentes, é a gamificação. Ela desenvolve as mais variadas competências, habilidades e motivações para despertar e potencializar a produtividade das equipes.

CONVERSÃO
DE COMPRAS

Um dos grandes desafios do varejo é como transformar visitas nas lojas em vendas, aumentando assim sua taxa de conversão. “Por que a maior parte das pessoas que entram na minha loja não compram nada” é uma pergunta que povoa a mente da maioria dos empresários.

EXPERIÊNCIA DE
COMPRA PERSONALIZADA

A personalização pode se embasar em percepções como padrões de comportamento de consumo, preço que o cliente está disposto a pagar pelo item em cada local, venda de produtos nas categorias low cost ou premium, busca por diferenciais competitivos e abertura de novas lojas com produto segmentado.

Confira como foi a edição 2018