Competição realizada na FBV presencial, para estudantes de Moda, com desafios diários que exigem muita criatividade e a corrida contra o tempo.

Feira Brasileira do Varejo: um espaço para novas ideias.

O Desafio Fashion, uma das atrações da FBV presencial previstas para 2022, é uma grande vitrine para os novos talentos. Uma oportunidade para estudantes e profissionais da Moda apresentarem seus projetos para o público visitante da feira, expositores e empresários do segmento.

Fique ligado nos canais da FBV para acompanhar as informações sobre o Desafio Fashion 2022.

Quem pode participar?

Estudantes, profissionais ou apenas interessados na área, com idade mínima de 18 anos. Uma comissão julgadora formada por professores da ESPM e representantes do Sindilojas POA farão a triagem dos participantes em duas categorias, formadas por equipes Acadêmicas e Profissionais, que concorrerão separadamente, com base nos seguintes critérios:

Categoria Acadêmica

a. Apresentação de portfólio*;

b. Comprovação de matrícula ativa em qualquer semestre em qualquer curso universitário.

* Sobre o portfólio
– Deve ter de 5 a 10 imagens de projetos pessoais (croquis, peças ou styling);
– As imagens devem apresentar no mínimo 5 peças de roupa ou acessórios de criação pessoal, efetivamente realizadas;
– As peças devem ter um descritivo breve;
– Anexar texto de apresentação pessoal, talentos e por que deseja participar do Desafio Fashion;
– Um parágrafo de biografia resumida, com formação, conhecimentos e experiência.

Categoria Novos Designers

a. Comprovação de vivência de mercado de no máximo 4 anos, tendo vínculos acadêmicos ou não;

b. Não ter loja física;

c. Apresentação de portfólio com sua marca ou marcas com que trabalhou.

Relembre como foi em 2019

A quarta edição do concurso, uma iniciativa do Sindilojas Porto Alegre com a mentoria da ESPM-Sul, aconteceu durante os três dias da feira e trouxe como tema o reflexo da transição do século XX para o XXI na moda no Rio Grande do Sul. Assim como os negócios mudaram, a moda, multifacetada como é, também passou por transformações e passou a ser um grande laboratório de observação.

Além do concurso, foram realizados workshops e palestras gratuitas sobre o mesmo tema e outros assuntos relacionados ao segmento, com a curadoria da ESPM e participação de outras universidades de moda do Estado. A programação também contou com desfiles especiais de projetos da ESPM-Sul e edições diárias de desfiles dos expositores do evento.